Descrição do projeto

Sabendo dos nossos outros dois projetos de ajuda comunitária, os líderes de Kerung nos pediram ajuda para construir uma pequena usina hidroelétrica para fornecer 1,5 quilo watts gerando eletricidade às 17 casas do vilarejo. Com a ajuda internacional, essas usinas estão mudando a vida de pequenas comunidades rurais como Kerung. O Nepal tem o maior potencial hidroelétrico per capita do planeta, devido à abundância de água e o grande desnível de seus rios. Apesar disso, apenas 10% de sua população de 33 milhões de habitantes têm acesso à rede de eletricidade pública. Mesmo na capital, Katmandu, com um milhão de habitantes, existe eletricidade por apenas 12 horas por dia. A dificuldade do terreno e a instabilidade política fazem com que grandes projetos hidroelétricos sejam quase inexistentes. A solução a curto prazo é exatamente o que pretendemos construir com este projeto. A usina é muito simples de ser construída, de fácil manutenção e de custo relativamente baixo, além de ter zero de impacto ambiental. Uma canalização de 250 metros de extensão, com canos de 10 cm de diâmetro, trará água de um riacho acima do vilarejo. Esta água movimentará uma turbina que alimentará um pequeno gerador que será abrigado dentro de uma construção de pedra. De lá sairá a fiação que levará a eletricidade até as casas. Serão usados postes de madeira para a sustentação da fiação.  Um técnico nepalês está nos dando a orientação necessária para o desenvolvimento deste projeto.

O projeto será financiado pela contribuição de doadores, mas a terra para a construção da casa que abrigará o gerador será fornecida pelos habitantes, assim como toda a mão de obra para a construção de todo o projeto. Assim, em parceria estaremos envolvendo a comunidade no projeto e os motivando a fazer a manutenção cuidadosa do gerador.