Perguntas e respostas mais frequentes

1 - Como é o clima nesta viagem?

Nas montanhas temos uma variação bastante grande de temperatura dependendo da altitude onde estamos. Iniciaremos nossa caminhada a 2000 metros de altitude por uma floresta tropical. A temperatura esperada variará de 25 graus no começo do trekking até ao redor de 10 graus negativos no dia de cume podendo chegar a um pouco mais baixa de acordo com o vento (sensação térmica).

Na saída de Dezembro existe alguma chance de chuva já que a estação chuvosa pode se extender um pouco mais chegando ao final de dezembro. 

2 - Como serão nossos transportes?

Faremos os traslados do aeroporto a Arusha e de lá ao começo da escalada em vans ou mini ônibus dependendo do tamanho do grupo.

3 - Como é nossa acomodação?

Usaremos um hotel 4 estrelas em Arusha e excelentes barracas duplas de montanha durante o trekking. 

4 - Que roupas e equipamentos devo usar?

Com nossa experiência de anos desenvolvemos uma completa lista de roupas e equipamentos para serem levados para o Kilimanjaro. Parte desta roupa pode ser deixada em Arusha (o que não será útil na trilha), e o restante será colocada em um duffle bag (grande bolsa de cordura com zíper) e levada por nossos carregadores. No ato da inscrição você receberá uma cópia desta lista.

5 - Como este trekking é classificado em termos de dificuldade?

O grau de dificuldade de uma trilha é bastante subjetivo. O que é uma trilha fácil para um é impossível para outro dependendo da forma física, experiência, idade e mais do que tudo motivação.

De um modo geral os dias não são difíceis. Nosso primeiro dia e terceiro dia serão de apenas com 3 a 4 horas de caminhada em um ritmo tranqüilo. O segundo será um pouco mais difícil com ao redor de oito horas de caminhada (contando com paradas para comer e descansar) e o quarto, dia de aclimatação, será de ao redor de 3  horas. O quinto e o sétimo dia serão de ao redor de seis horas. Mas, o dia do cume é um dia bastante duro pelo desnível vertical de 1140 metros e pela altitude que chegaremos, 5895 metros. Como fatores positivos, nossa aclimatação será bastante cuidadosa e não dormiremos a uma altitude extrema. Recomenda-se uma boa forma física.

Como resumo, podemos dizer que uma pessoa saudável, em bom estado de preparo físico poderá fazer esta trilha sem maiores problemas. Recomendamos um preparo físico de pelo menos seis meses para aqueles que são sedentários. Caminhadas, bicicleta e aparelhos como step nas academias são treinos efetivos para o que vamos enfrentar na trilha. Mas, mais do que tudo, desfrutar o que esta trilha nos oferece será o melhor incentivo para completar cada dia com um sorriso nos lábios.

6 - Quanto dinheiro devo levar?

Basicamente todas as despesas estão incluídas no preço e você necessitará de dinheiro para as refeições em Arusha e para comprar souvenires. Além disso, recomendamos ao redor de US 250 para gorjetas para nossa equipe. Este valor pode parecer muito alto, mas nesta expedição contamos com ao redor de 5 staff por cliente entre guias locais, cozinheiros e carregadores trabalhando muito duro por sete dias para dar o máximo de conforto possível nas duras condições da montanha. Contamos com a sua compreensão. Recomendamos trocar esta quantia em moeda local para ajudar no último dia na entrega da gorjeta.

7 - E quanto às doenças?

Não há risco de malária na montanha, mas temos que tomar cuidado em Arusha, na noite de chegada e na última noite e também durante os safáris, caso você opte por fazer um. Recomendamos conversar com o seu médico sobre vacinação. Para maiores informações sobre vacinas ver a aba Voos, Vistos e Vacinas.

8 - Este trekking é muito desconfortável?

Usamos boas barracas duplas de montanha e fornecemos confortáveis colchonetes. Para quem deseja um pouco mais de conforto, sugerimos optar pelo single suplement e ter uma barraca só para si. Nem sempre os locais de acampamento têm terreno regular e eventualmente as barracas podem ser montadas com alguma inclinação.

9 - Como faço para tirar o visto e quanto custa?

O visto pode ser tirado na chegada e custa US 50 (sujeito a freqüentes  mudanças).

10 - E se eu quiser fazer uma extensão com um safári a um dos espetaculares parques nacionais?

Se você tem alguns dias a mais de férias não perca a oportunidade de visitar alguns dos mais espetaculares parques nacionais do planeta e fazer um safári. Entre em contato com seu agente de viagens e ele lhe oferecerá uma dessas maravilhosas opções.

11 - Existe algum limite de idade?

Devido ao fato de que crianças têm maior predisposição a desenvolver Mal de Altitude recomendamos não levar crianças de menos de 13 anos a esta escalada. Teremos o maior prazer em recomendar lindos trekkings a regiões com altitudes mais moderadas ideais para famílias. Quanto ao outro lado do espectro de idade, recomendamos que pessoas com mais de 50 anos visitem seu médico e que façam uma avaliação cardiológica antes de fazerem esta escalada.

12 - E se eu tiver alguma doença crônica como hipertensão ou diabetes?

De um modo geral, doenças crônicas controladas não são impedimento para fazer o trekking, mas recomendamos fortemente que a pessoa consulte seu médico e que discuta com ele sobre se este trekking é uma atividade adequada para ela. Estamos à disposição para dar ao seu médico todas as informações que ele necessite sobre o trekking para ele tomar sua decisão. Entre em contato conosco.

13 - Quantos quilos os carregadores levarão?

Nossos carregadores levarão todo material coletivo além de quinze quilos de cada cliente. Caso você sinta que necessita que os carregadores levem mais do que quinze quilos, poderá contratar um carregador extra por US 100 que poderá levar até 18 quilos além dos quinze que você já tem direito. Essas despesas extras podem ser divididas entre dois ou mais clientes.

14 - Qual é a voltagem da Tanzânia e onde posso recarregar meus eletrônicos?

A Tanzânia usa voltagem 240 e tomada inglesa de três pinos retangulares. Trazer adaptador. Os eletrônicos podem ser recarregados em Arusha.  Recomendamos trazer baterias extras.

15 - Como é a água que beberemos? Temos que purificar?

Toda a água consumida na trilha virá de riachos que existem em cada acampamento. Porém forneceremos água potável todos os dias já que levamos um purificador de água Katadyn. Se quiser uma  margem de segurança ainda maior recomendamos a purificação da água com produtos à base de cloro.

16 - Como é nossa comida na trilha?

Nosso café da manhã será bastante variado com café, chá, chocolate, leite em pó, frutas tropicais, cereal, muesli, omeletes, embutidos e torradas. O almoço variará de pic-nics a refeições quentes dependendo da duração do dia. Os jantares serão servidos em nossa barraca refeitório e consistirão de sopas e alguns pratos quentes com carnes, legumes e sobremesas.

17 - Posso fazer ligações internacionais ou ter acesso a internet durante a escalada?

Levamos conosco um telefone por satélite e disponibilizarmos seu uso a um custo de US$ 3 por minuto. Não existe internet durante a escalada.

18 - E se eu tiver outras dúvidas?

Sabemos que antes de se inscrever para uma viagem como esta é natural que as pessoas tenham várias dúvidas. Se você tem alguma que não foi esclarecida acima, por favor, não hesite em entrar em contato com seu agente de viagens ou conosco através da web page www.morgadoexpedicoes.com.br ou do email [email protected]

Na web page, além da nossa programação, você encontrará boletins de onde Manoel Morgado tem andado nos últimos cinco anos. São mais de 70 boletins relatando sua vida pelos vários continentes e descrevendo as várias atividades, trekkings, escaladas em neve e gelo, vela e viagens culturais por lugares incríveis, que são suas paixões.